• Registro de Marca em BH (Belo Horizonte - MG)

Alimentos Ricos em Albumina


A albumina é uma proteína encontrada no sangue e fácil de medir por um exame de sangue como um marcador para saber se a ingestão de proteína é adequada.

Para manter uma boa saúde, você precisa de 4,0 g / DL ou um nível mais alto no corpo; quando a ingestão de proteína é muito baixa, ou de baixa qualidade, uma diminuição na albumina é alcançada e uma perda da condição chamada energia protéica vem a ocorrer; Como resultado, músculos e gorduras são quebrados para fornecer aminoácidos essenciais necessários para o corpo funcionar, o que pode causar fraqueza, vulnerabilidade a infecções e depressão, entre outras condições.

Para manter ou melhorar os níveis de albumina deve saber a quantidade de proteína a ingerir através de alimentos ricos em albumina , que contêm mais proteína do que outros, dando-nos a necessidade de proteger vário poder órgãos do corpo, incluindo o rim, treinar melhor e com mais energia e, claro, obter ganhos musculares superiores aos normais, graças aos compostos que proporciona, este poderoso ingrediente da natureza.

 

Os alimentos ricos em albumina

– A clara de ovo é composta de 100% de albumina, a melhor qualidade de proteína que pode ser ingerida, também é baixa em fósforo, fornecendo até 7,2 gramas de proteína pura, no caso de duas claras de ovo.

– O ovo inteiro fornece uma grande quantidade de albumina com 6 gramas de proteínas completas, para fortalecer o corpo, especialmente no período da manhã, e para alguma coisa, foi e é um alimento popular entre os atletas.

– O hambúrguer feito de peru ou carne magra, é um alimento com bastante proteína, além de sua contribuição no fornecimento de ferro, o que ajuda a prevenir a anemia, ao mesmo tempo em que impulsiona o ciclo da proteína.

– Frango é versátil como prato principal, servido quente ou frio em qualquer ocasião; Sua proteína varia de 14 a 28 gramas, dependendo do tamanho, mas você deve evitar os processados, que contêm muito sódio e fósforo, que podem afetar os rins, quando consumidos em excesso.

– Queijo cottage, comparado ao leite, e queijo é menor em potássio e fósforo;

– O peixe é uma ótima fonte de proteína; peixes gordurosos, como salmão, cavala e truta arco-íris, também são ricos em ácidos graxos ômega-3 que ajudam a reduzir a inflamação; Outra opção é aproveitar o nosso marisco, que não dá o poder necessário para manter a saúde e alcançar resultados surpreendentes, produto da formação.

– Iogurte grego, embora seja rico em potássio e fósforo, em um único copo contém 22 gramas de proteína, é então um excelente complemento para qualquer plano de dieta, mesmo como um substituto para a carne em alguns alimentos.

– Produzindo proteína de soro de leite ou ovo em pó ou a versão líquido, faz com que os suplementos completa combinação e alimentos, mas são parte de alimentos ricos em albumina, para o seu valor biológico, sendo de baixo teor de potássio, e contêm outros compostos bioativos que facilitam a digestão de aminoácidos.

– A costeleta de porco, além de conter proteínas de alta qualidade, é uma boa fonte de ferro e tiamina; Uma costeleta cozida fornece 20 a 26 gramas de proteína.

– Uma barra de proteína pode conter mais de 15 gramas de proteína, abaixo de 150 mg de fósforo e menos de 200 mg de potássio e sódio.

– Tofu é uma coalhada feita de soja; Vem em várias texturas, mas contribui com 7 a 13 gramas de proteína por meia xícara, e embora seja maior em fósforo e potássio, do que outros alimentos ricos em albumina, como carne, ainda é uma fonte alternativa de proteína, ideal especialmente para veganos e vegetarianos.