• Registro de Marca em BH (Belo Horizonte - MG)

Vitamina B12 – O que é, Benefícios


Benefícios da Vitamina B12 – A vitamina B12 faz parte do complexo da vitamina B. Considera-se ser uma “vitamina analgésica”, por conta de suas propriedades capazes de diminuir dores. Ajuda a produção de DNA, suporte cardiovascular e metabolismo energético. Neste artigo, saiba mais sobre a vitamina B12, suas funções, causas de deficiências, bem como alimentos e outras fontes para que você possa incorporar melhor a vitamina B12 em sua vida.

O que é a vitamina B12? – Benefícios da Vitamina B12

A vitamina B12, também conhecida como cobalamina, é uma vitamina solúvel em água, o que a coloca no grupo das vitaminas hidrossolúveis. Contribui para a síntese bem sucedida do DNA, o funcionamento normal do sistema nervoso e a produção de energia.

O fígado é o principal local de armazenamento da vitamina B12 no corpo humano. Os seres humanos podem obter vitamina B de fontes alimentares do dia a dia, alimentos fortificados e suplementos. Como elemento químico, a vitamina B12 pode tomar a forma de ciano, hidroxilo, metilo e desoxi-adenosil-cobalamina.

A cianocobalamina, a forma mais estável e não natural de vitamina B12, é mais comumente usada em suplementos e não tem um papel cofator direto no metabolismo celular. As formas biologicamente mais significativas de vitamina B12 são metilcobalamina e coenzima B12.

Qual a quantidade ideal de vitamina B12 no organismo? – Benefícios da Vitamina B12

A concetração normal para a vitamina B12 no sangue é entre 300 e 900 picogramas por mililitro (ng / mL). No entanto, há outros tipos de exames que possam medir a concentração ideal do nutriente no seu corpo.

A cobalamina ajuda a quebrar o ácido metilmalônico (MMA) e homocisteína – portanto, altos níveis de MMA ou homocisteína no sangue podem indicar uma deficiência de B12. Alguns estudos dizem que este é ainda um melhor indicador do status B12 do que a medição direta de B12.

Um estudo em 94 mulheres descobriu que níveis de vitamina B12 abaixo de 250 pg / mL aumentavam o risco em 3 vezes a probabilidade de ter um filho com defeitos congênitos.

Se você ainda não testou seus níveis de vitamina B12, é altamente recomendável que faça uma consulta médica. A partir dos resultados, o profissional da área da saúde irá analisar as quantidades e conduzir o seu caso da melhor maneira em casos de deficiência.

Benefícios da Vitamina B12

Benefícios da Vitamina B12

A Vitamina B12 é uma das substâncias mais importantes para o nosso organismo. Ter bons níveis desse nutriente no corpo pode trazer vários benefícios para o indivíduo. Além disso, a vitamina B12 tem propriedades únicas, que permitem outros efeitos de interesse comum para grande parte das pessoas.

Nesse tópico iremos falar dos benefícios que podem ser obtidos com a vitamina B12:

– Vitamina B12 alivia as dores: – Benefícios da Vitamina B12

Metilcobalamina, uma das formas de vitamina B12, reduz os sintomas clínicos de dores em pernas, como parestesia (uma sensação anormal como formigamento ou picada), dores de queimação e dor espontânea.

Em um estudo, a metilcobalamina melhorou significativamente os sintomas, como dor e sensação de formigamento, em pacientes com dor cervical. Além disso, a injeção intramuscular de cobalamina é eficaz no alívio da dor lombar em pacientes sem deficiências nutricionais.

Cobalamina fornece controle eficaz da dor para úlceras na boca e o tratamento com metilcobalamina reduz os sintomas de dor na neuralgia, neuropatia diabética e dor lombar. A metilcobalamina pode, também, melhorar a dor neuropática.

– A vitamina B12 é boa para o cérebro: – Benefícios da Vitamina B12

A metilcobalamina (MeCbl) é a forma mais eficaz de vitamina B12 nas organelas neuronais.

A cobalamina pode ter um papel na prevenção de distúrbios do desenvolvimento cerebral e transtornos do humor, bem como a demência vascular de Alzheimer em idosos. A suplementação com esse nutriente pode ser útil para a regeneração neuronal. Também repara os efeitos negativos da isquemia nos neurônios.

Um estudo em ratos com lesão do nervo ciático apoia o tratamento de lesões nervosas periféricas com Cobalamina. B12 também aumenta a regeneração dos axônios e promove a reparação neuronal.

– A Vitamina B12 ajuda a regular o sono: – Benefícios da Vitamina B12

O tratamento com cobalamina melhora os distúrbios do ritmo do sono-vigília em indivíduos humanos. Pode aumentar a sensibilidade à luz dos ritmos circadianos devido à diminuição dos níveis de melatonina.

Não é normal lutar para adormecer e acordar de manhã sentindo-se mais cansado do que quando se deita. A insônia ataca os problemas do sono de todos os ângulos, incluindo o reparo do sistema límbico, os níveis de hormônios e o treinamento do ritmo circadiano.

Quantidades ideais de vitamina B12 no organismo podem ajudar no tratamento da insônia.

– A Vitamina B12 ajuda no tratamento da depressão: – Benefícios da Vitamina B12

Em um estudo randomizado realizado em pacientes com depressão e níveis baixos de cobalamina normal, a suplementação de cobalamina melhorou os sintomas depressivos.

Estudos descobriram que o consumo prolongado (de várias semanas a anos) pode diminuir o risco de recaída da depressão e o aparecimento de sintomas clinicamente significativos em pessoas em risco.

– A Vitamina B12 tem efeito anti-inflamatório: – Benefícios da Vitamina B12

A vitamina B12 suprime a produção de citocinas de linfócitos T nas células. Essas, por sua vez, são responsáveis por causar algumas inflamações nas juntas. Pacientes com artrites devem aumentar a sua ingestão de vitamina B12 para o tratamento.

– A vitamina B12 pode ser boa para a pele: – Benefícios da Vitamina B12

A cobalamina (Vitamina B12) é uma nova opção terapêutica na dermatite atópica. É bem tolerável e tem baixos riscos de segurança para adultos e crianças. No entanto, são necessários mais estudos para confirmar os efeitos benéficos da substância.

– A Vitamina B12 é importante para a saúde dos olhos: – Benefícios da Vitamina B12

Maior homocisteína e diminuição dos níveis de B12 têm sido associados a um aumento do risco de degeneração macular.

Um estudo que envolveu 5.442 mulheres com alto risco de doença cardiovascular com 40 anos ou mais, que estavam tomando B6 / B9 / B12 por 7 anos. O estudo encontrou um risco diminuído de 34-41% de degeneração macular nessas mulheres.

Alimentos ricos em vitamina B12

Como já falado em outros momentos do artigo, há vários alimentos do nosso dia a dia que são ricos em vitamina B12. Alguns são comuns na mesa do brasileiro, enquanto outros não. Os alimentos ricos em vitamina B12 são:

  • Fígado;
  • Amêijoas;
  • Sardinha;
  • Bife de boi;
  • Atum;
  • Levedura nutricional;
  • Filé de truta;
  • Salmão;
  • Ovos;
  • Leite;
  • Marisco;
  • Cogumelos;

Deficiência de Vitamina B12

Deficiência de Vitamina B12
Deficiência de Vitamina B12

– Consequência da Deficiência de Vitamina B12:

As consequências em longo prazo da deficiência de B12 menos grave não são totalmente conhecidas, mas podem incluir efeitos adversos na saúde da gravidez, vascular, cognitiva, óssea e ocular.

A metilcobalamina aumenta a condução nervosa, a regeneração da mielina, a regeneração dos neurônios e a inibição da transmissão da dor.

A deficiência de vitamina B12 em mulheres está associada à infertilidade e ao aborto espontâneo.

A deficiência de B12 causa excesso de homocisteína, que é um fator de risco comprovado para doença cardiovascular; Indivíduos com deficiência de vitamina B12 apresentam maior prevalência de fatores de risco cardiovascular, como insuficiência cardíaca, acidente vascular cerebral e diabetes.

Deficiência de B12 inibe a transferência de melanina entre melanócitos e queratinócitos, o que pode causar escurecimento da pele. 19% dos indivíduos em um estudo clínico manifestaram o escurecimento da pele resultante da deficiência de cobalamina.

A vitamina B12 desempenha um papel essencial na produção de glóbulos vermelhos e glóbulos vermelhos baixos podem indicar uma deficiência de B12. Fraqueza e fadiga podem resultar se os glóbulos vermelhos estiverem baixos, já que você não está recebendo oxigênio suficiente para os tecidos.

Diante do fato de que a vitamina B12 é importante na produção de mielina, uma deficiência pode causar problemas psiquiátricos e cognitivos. Em um estudo com 141 pacientes, 28% das pessoas que apresentavam sintomas psiquiátricos por deficiência de B12 não apresentavam sinais de anemia.

Níveis baixos de B12 têm sido associados à depressão, doença de Alzheimer e outros tipos de comprometimento cognitivo. Estudos descobriram que o consumo prolongado (de várias semanas a anos) pode diminuir o risco de recaída da depressão e o aparecimento de sintomas clinicamente significativos em pessoas em risco.

A deficiência de B12 pode causar neuropatia ou dor no nervo, seja como resultado da falta de oxigênio nos nervos ou da destruição da mielina.

Neste estudo, todos os pacientes tratados com B12 tiveram melhora nos problemas psiquiátricos (39 de 39). Eles também melhoraram vários marcadores sanguíneos, bem como uma diminuição de 50% no ácido metilmalônico e / ou homocisteína.

Vários estudos mostram que a deficiência de B12 em idosos pode aumentar o risco de fraqueza, fragilidade e incapacidade, além de aumentar o tempo de internação hospitalar.

Com relação à saúde óssea, vários estudos mostram que a deficiência de B12 pode aumentar o risco de fratura óssea e está associada à menor massa óssea.

Em 4 pessoas que não apresentavam sintomas cognitivos ou anemia, uma língua inchada e inflamada com lesões mostrou ser um sinal precoce de deficiência de vitamina B12.

Embora rara, a deficiência de vitamina B12 pode causar visão turva ou dor ocular. Isso pode ocorrer quando uma deficiência de B12 não tratada resulta em danos ao nervo óptico.

– Possíveis causas da deficiência de Vitamina B12:

Cerca de 8% das pessoas no Brasil com 60 anos ou mais são clinicamente deficientes em vitamina B12, enquanto cerca de 20% têm níveis tecnicamente “normais” (148-221 pg / L), mas estão longe do ideal, que é acima de 300 pg / mL.

Pessoas em risco de deficiência de vitamina B12 incluem:

  • Pessoas em uma dieta vegana / vegetariana;
  • Pessoas com anemia;
  • Pessoas mais velhas;
  • Pessoas com distúrbios gastrointestinais, como doença de Crohn ou doença celíaca;
  • Aqueles que tiveram cirurgias gastrointestinais;

As mulheres grávidas exigem níveis mais elevados de B12 para prevenir defeitos congênitos (acima de 400 pg / dL (R)).

Os bebês nascidos de mães com deficiência de vitamina B12 ou que recebem quantidades deficientes de alimentos de origem animal são suscetíveis à deficiência entre as idades de 6 a 12 meses.

– Remédios que causam a deficiência:

Pacientes com diabetes tipo 2 que são prescritos Metformina podem estar em risco de deficiência de cobalamina.

Inibidores da bomba de prótons ou bloqueadores dos receptores da histamina 2 (Zantac, Tagamet) podem levar à deficiência de b12, como resultado da pior absorção desse nutriente.

O uso de contracepção hormonal (contracepção oral e DMPA) entre indivíduos do sexo feminino pode reduzir os níveis de vitamina B12 na corrente sanguínea.

Suplementos de vitamina B12

Os suplementos de vitamina B12 só devem ser tomados a partir de prescrição médica, tendo em vista que uma superdosagem pode causar problemas para os indivíduos. Consulte o seu médico antes de inserir qualquer elemento em sua dieta do dia a dia.

Os suplementos de vitamina B12 podem ser adquiridos em qualquer loja especializada em suplementos alimentares, além de algumas farmácias e supermercados.